Tele-Agendamento

(62)
3220-2500

Canal Exclusivo para Comunicação via texto

(62)
99311-9589
Seg-Sex das 07h às 19h

Localize-nos

NO MAPA

Notícias

Entrevista com Dr. Bruno Diniz (no Jornal O POPULAR)

Publicado em : 20/04/2016

Fonte : http://www.opopular.com.br/ -

 

"Quem desenvolveu o estudo de implante de células-tronco embrionárias na retina de humanos para tratamento da degeneração macular?

O uso de células-tronco embrionárias para tratamento das doenças da retina vem sendo estudado por alguns grupos de pesquisadores espalhados pelo mundo. Estas células são conhecidas por serem pluripotentes, já que podem se transformar em praticamente todos os tipos celulares encontrados no corpo humano, inclusive células de epitélio pigmentar da retina (EPR) e neurais retinianas. A ideia é substituir células danificadas em determinadas doenças por células saudáveis. Novas células implantadas poderiam reduzir a progressão da perda visual e até mesmo restaurar a visão em alguns casos.


Quantos pacientes se submeteram à cirurgia? Como foram selecionados?

Quatro pacientes receberam células de epitélio pigmentar da retina (EPR) derivadas de células-tronco. Eles foram selecionados no ambulatório de oftalmologia da Unifesp. São pacientes com distrofia retiniana (hereditária) e degeneração macular da idade avançadas, com cegueira irreversível e sem outras possibilidades de tratamento.


Qual o resultado das primeiras cirurgias realizadas em São Paulo?

As cirurgias ocorreram sem intercorrências e sem efeitos adversos imediatos. Até o momento, o procedimento mostrou-se seguro e viável de ser realizado por cirurgiões de retina experientes.

De onde vêm as células?

As células-tronco embrionárias são células presentes no embrião com 5 dias de vida – o blastocisto – e normalmente obtidas através de descarte de clínicas de fertilização in-vitro. Como estas células têm capacidade teoricamente ilimitada de multiplicação, um único embrião pode dar origem a milhares de células. Outras fontes são células-tronco adultas, incluindo células presentes no tecido fetal, no sangue e tecido do cordão umbilical.


Pode-se falar em cura?

Apesar da possível melhora na visão destes pacientes, não se pode falar em cura para nenhuma das doenças estudadas. O processo patológico que as gera não é interrompido com o tratamento com uso de células-tronco; a alteração genética permanece e o envelhecimento das células continua a progredir.


Então, o que os pacientes podem esperar?

Os estudos ainda são iniciais. Nestas primeiras fases o que queremos saber é se a terapia é segura e não gera efeitos colaterais importantes. Nas próximas fases iremos avaliar a capacidade desta terapia em estabilizar e melhorar a visão destes pacientes. Para tais pacientes, que apresentam doenças até então sem tratamento, o uso de células-tronco pode ser uma opção promissora num futuro próximo caso as pesquisas se mostrem benéficas.

 

Dia do Farmaceutico

25/09/2017 Veja mais

SIPAT - Dia 19/05 - Filme " Como Eu era antes de Você. "

19/05/2017 Veja mais

SIPAT - Dia 18/05 - Palestra Segurança no Trânsito

18/05/2017 Veja mais

SIPAT - Dia 17/05 - Palestra Segurança no Trabalho

17/05/2017 Veja mais

Semana Interna de Prevenção de Acidentes de Trabalho. Sipat - 02/06/2016

06/06/2016 Veja mais

Semana Interna de Prevenção de Acidentes de Trabalho. Sipat - 01/06/2016

06/06/2016 Veja mais

Goiânia: centro gerador de bons médicos

25/03/2014 Veja mais

Evaristo Nardelli - Médico Oftamologista do Instituto dos Olhos de Goiânia

04/10/2013 Veja mais

Hábitos Saudáveis são fundamentais para evitar a retinopatia diabética

11/09/2013 Veja mais

Olho biônico é a prótese mais complexa do mundo

FDA aprova retina artificial que é capaz de devolver parcialmente a visão para alguns cegos.

28/03/2013 -  Brasil Acadêmico Veja mais
voltar
||| Departamentos

Unidade I - Rua 9 B nº 48 Setor Oeste - Goiânia-Goiás / Brasil
Fone: (62) 3220-2500 - contato@iog.net.br

 

Unidade II - Rua Ivair Qd. 23 lT. 08/09 - Centro Clínico Integrado
(2º Andar - Sala 205 e 206 - St. Vila Brasília - Aparecida de Goiânia